quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Caravanas: Alcatrão vs Paisagem Protegida.


Numa aldeia piscatória, que já foi considerada uma pérola no litoral alentejano, parece que há um íman de imbecis - não, não tem que ver com o íman que perderam a sexar, embora também tenha atraído imbecis.

O turismo piora de ano para ano e há uma grotesca concentração de gente parva e pior do que isso, pobre e pobre de espírito. Sim, ser pobre relativamente ao turismo contribui tanto como...nada. Ou políticos.

Bem, mas todos os anos é a mesma coisa: um arrastão de caravanistas, caravanistas estúpidos. Sei que não se pode generalizar, mas já se sabe- e sempre assim foi- por uns,pagam todos e assim sendo: são uns estronços de primeira apanha.

Há um código de conduta do caravanista que não é obviamente seguido ou lido por uma boa percentagem.

Sugiro uns módulos de boa educação...BÁSICA. Não chega estarem parqueados em parques de estacionamento - alcatroados- e ocuparem 4 lugares de carros, é preciso também montar avançados, grelhadores, mesas e cadeiras na zona circundante. E é preciso também mandar cócós, xixis, lixo de refeições para a via pública. E pernoitar em paisagem protegida do litoral alentejano.
Sim, porque nem há uma estação de serviço para estas caravanas, onde podem lavar, limpar e o que quiserem..sem pagar um tostão. Mas é tão mais giro quebrar regras e estacionar só perto de onde deve ser É agradecimentos destes que se recebem.

Parvalhões, básicos, irresponsáveis: vão para a vossa terra. Ou voltem quando forem minimamente educados.
O curioso é as Autoridades competentes não verem isto quando cá vêm desfilar patrulhar. Isto não é invasão da via pública ou qualquer coisa que o valha?

Para quem não conhece a situação:






Sem comentários:

Publicar um comentário