sexta-feira, 2 de junho de 2017

Crianças e a mudança de prioridades

O melhor do mundo são as crianças. Estou a brincar, os cães é que são- e agora não estou a brincar.

As pessoas tornam-se país, ficam supostamente mais responsáveis, tudo muda inclusive as prioridades- faz parte da vida.Quem não se torna progenitor de ser nenhum destes tem também as prioridades trocadas. E como, perguntam vocês?

Imaginem lá que têm o vosso dia orientado para ir trabalhar, tratar de tudo bem e rápido e quando conseguem finalmente  fazer exercício num pequeno intervalo de tempo pegam no vosso carro, fazem uns quilómetros e quando lá chegam, uma criança (fofa, linda que só deus sabe) cagou na piscina onde iam nadar. Exacto, literalmente. E não estava muito sólido.
é assim que as prioridades mudam. Iam nadar, mas já não vão.

Como não amar um ser que tratou de lixar ( com "F") o dia de dezenas de pessoas que iam ter aulas, que iam desanuviar, que iam exercitar-se, que iam relaxar?

Oh, se as amo. Não como o Carlos Cruz, claramente.

Sem comentários:

Enviar um comentário