domingo, 24 de junho de 2012

Regras para o Desmame_Parte_II




A música. A música faz parte da vida, logo, faz parte das relações. Aquela que ouvimos quando conhecemos a pessoa (caso não tenha sido numa grande noite de budêra*), aquela que passava vezes sem conta na televisão ou no rádio enquanto se andava de carro a caminho de fins de semana românticos, aquelas que acabávamos por confessar que, apesar de serem pirosas até mais não, gostávamos de cantar.
É uma banda sonora bonita, mas que acabou.

Qual é o passo seguinte? Fazer reset ao ipod, mp3, walkman ou gira discos. Ah pois! É evitar ouvir as músicas que vos fazem lembrar a pessoa, ora senão vejamos: agarram no ipod e vão fazer a caminhada matinal na marginal; começa a dar a Adele e o someone like you?! Eu sei, não é só por a letra fazer algum sentido, mas também porque já não se aguenta a música...qual seria o desfecho? Atiravam-se pela falésia, lá está (ou carregavam no forward)!

E a gente não quer isso. Portanto, recomendo que comecem a ouvir coisas divertidas, que dêem "pica" e não remetam para lagrimices. Podem, em 8 GB, deixar uma ou duas do estilo trágico-depressivo. mas mais do que isso, não.

*budêra= bebedeira em alentejano.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Regras para o Desmame_Parte_I

Não, o assunto não tem a ver com mamar nada. Nem mamas, nem pichas, nem nada. É um desmame de quando se acaba uma relação.
1ª Regra: Descobrir todas as aplicações e funções do vosso telemóvel, para substituir a quantidade de mensagens que enviavam por dia. Vão ver que aos poucos, a coisa vai lá.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Frases Feitas.



Há uma tendência gigante para amar aquelas frases bonitas acompanhadas de uma imagem espectacular (como por exemplo fotos minhas vesgo com frases que não interessam nada) e muitas vezes leio e nem tomo atenção, até porque são muito panisgas, em grande parte dos casos. Mas conforme a nossa vivência, assim as coisas fazem sentido. ou não.
"Quem QUER arruma um jeito, quem NÃO quer arruma uma desculpa". "Ah e tal, que lamechices de merda", já estão vocês a magicar. E com razão.
Não há frase mais certa, mesmo que seja em brasileiro. Aplicável a vários campos.

Obs: malta do Brasil, não aí emprego para mim?
sarcasmodonunes@gmail.com ;)

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Ajuda-me.

Pessoas que me lêem nos outros países (sim, que isto tem estatísticas), não há por aí um trabalho para mim? Sim, trabalho, não tem de ser um emprego.
Tirem-me daqui, se faz favor!!!

Sim? Sim? Pode ser? Num restaurante, numa loja...qualquer coisa....Mas tirem-me daqui. Juro que sou boa pessoa (não vale ler todos os posts do blogue).

terça-feira, 12 de junho de 2012

AmorÓdio.



O Amor e o Ódio estão tão perto um do outro como o olho esquerdo da Rita Pereira está do direito.
(Rita, não leves a mal...era só para as pessoas terem mais noção da distância. Eu também sou assim em algumas fotos).

Obs: prometo (outra vez) voltar a usar unicamente sarcasmo nos meus próximos posts, e deixar de vez qualquer referência a sentimentos fofinhos.

domingo, 10 de junho de 2012

Atitudes.

E há atitudes que nos fazem criar raiva onde não havia; desprezar quem não merecia; decidir o que não era suposto e reagir da pior forma a tudo isso.
Atitudes. Ttambém conhecidas como: partes da vida.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Macacos no Sotão. Ou no Nariz.

Quando amigos vossos têm macacos no nariz assim já pendurados, e não dão por isso, qual a vossa reacção?

Dizem:
a) Oh javardolas, tens um macacão ai pendurado!
b) Não dizem nada, esperam que alguém tenha essa coragem
c) Fazem um sinal discreto a mexer no nariz, para que ele entenda que tem de sacudir o verdolas da cara.
d) Vão lá com a mão e tiram vocês, porque os amigos são para as ocasiões.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

A Nossa Selecção.

Têm saído umas notícias acerca dos luxos que os nosso jogadores de futebol gostam de usufruir. Mas isso não me choca. Até porque já sabemos que é malta com uma certa cagança, mas faz parte da personagem.

Já saber quantas vezes deram peidos, quantas vezes ajeitaram o cabelo, que País estão a sobrevoar agora e quem é que perdeu nos jogos de Playstation...todas estas informações transmitidas na SIC (é verdade, não foi na TVI), chocam-me mais. Não por elas em si, mas exactamente por  terem sido impingidas pelo terceiro canal.

Por acaso, 'tá aqui uma bela merda armada.

(Vá, a dos peidos não disseram, mas era só a que faltava)

domingo, 3 de junho de 2012

Culpa e Cagadela Alheia.



Ontem, em conversa com uma pessoa que tem tanto de jeitosa como de divertida (J.A.), ela lembrou-se de uma situação (aliás, tinha acontecido naquele momento) que já deve ter acontecido a uma boa percentagem de pessoas.
Sabem quando entram numa casa de banho pública e a pessoa que lá esteve antes, esteve a pintar a sanita à pistola? Que se desfez em merda? Que está ainda um cheiro fresquíssimo a podre e que vocês fazem uma mija supersónica, condizente com o tempo que aguentam de respiração sustida? Sabem, sabem? E que depois saem do wc e está alguém logo para entrar e vocês pensam: esta vai achar que fui eu que caguei agora...
Penso que se chama a isto culpa alheia ou involuntária... Ou talvez e literalmente, pontaria de merda.