segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Malta Pitosga.


E aquelas noites de muitaaaaaa diversão, muito alcool e consequentemente muito alzheimer, que uma pessoa não sabe como chegou a casa, mas as lentes são sempre tiradas e guardadinhas? Acho espectacular que, mesmo bebâdo que nem um cacho (isto claro, uma vez por ano) me lembre sempre de guardar as lentes, mesmo que não faça ideia do que se passou nessa noite, nem do que bebi, nem do que disse, nem como e quando cheguei a casa.
Acho giro. Excepto a parte da ressaca, que com o passar dos anos, demora um bocadinhoooo mais a passar.
Pitosgos, não vos aconteceu já? :)

Malta Pitosga.


E aquelas noites de muitaaaaaa diversão, muito alcool e consequentemente muito alzheimer, que uma pessoa não sabe como chegou a casa, mas as lentes são sempre tiradas e guardadinhas? Acho espectacular que, mesmo bebâdo que nem um cacho (isto claro, uma vez por ano) me lembre sempre de guardar as lentes, mesmo que não faça ideia do que se passou nessa noite, nem do que bebi, nem do que disse, nem como e quando cheguei a casa.
Acho giro. Excepto a parte da ressaca, que com o passar dos anos, demora um bocadinhoooo mais a passar.
Pitosgos, não vos aconteceu já? :)

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Granger...És o Elo mais Fraco. Adeus.

Não tenho absolutamente nada contra o Pedro Granger. Nem é dos que me irrita muito, nem acho que seja mau actor -aliás, toda  a vida o vi na televisão- só pode saber representar. Mas isto foi até ele começar a apresentar o Elo Mais Fraco. Produção, oi??? Director de Casting...oi??? Cê tá ai?? Nossa, não tá não!!!

Agora a sério..que ideia mais triste foi essa? Quase todo Portugal sabe quem é o Granger, e seja por papéis que fez em novelas ou o catano, toda a gentalha tem a ideia que ele é boa pessoa. tem um ar "fofinho", vá, de que não parte um prato e que usa dois relógios. Ponto final.

Vê-lo fazer piadas forçadas e supostamente sarcásticas...não é bonito! Ele bem passa o programa de testa franzida para parecer arrogante...mas não está a conseguir! De todo! Tem o ar do bambi abandonado com mistura basset hound, mas com a testa muito, mas muito mais franzida. A culpa não é dele e por muito bom actor que ele seja..o papel de sarcástico e arrogante não lhe assenta. E não vale a pena tentar, ok? Director de Casting...oi? Erraste e não foi pouco. Já agora...a parte dos cabelos..quem é que trata disso? Quem trata do cabelo é certamente algum fanático dos Playmobil, pois nunca vi reprodução tão fiel.Mesmoooooo! Despenteem o moço, plamordedeus!!Eu que nunca trabalhei em produção (ou o departamento competente)sei que ele devia ter uma imagem que correspondesse ao papel dele e não ao ar de acólito+ beto mais santo não há...certo???!
A conclusão disto deveria ser: "Adeus Pedro Granger, és sem dúvida um elo fraquinhoooo, fraquinhooooo!" e é. Mas quem te fez o casting ou teve a infeliz ideia de te pôr  a fazer este papel...que diarreia cerebral...!
Pedro, não é nada pessoal! Mas é como se fosses água e o programa o azeite. Ou fosses o Governo e o programa a Honestidade. São coisas que não ligam...p'cebes?? :)
Deixem o mocito ficar nas novelas ou em apresentações tipo "Ídolos", que é muito mais a cara dele, se faz favor. A não ser que o Elo Mais Fraco seja um programa de humor e eu não percebi, porque eu só consigo rir.
Adeus, adeus, auf wiedersehen, goodbye!

Granger...És o Elo mais Fraco. Adeus.

Não tenho absolutamente nada contra o Pedro Granger. Nem é dos que me irrita muito, nem acho que seja mau actor -aliás, toda  a vida o vi na televisão- só pode saber representar. Mas isto foi até ele começar a apresentar o Elo Mais Fraco. Produção, oi??? Director de Casting...oi??? Cê tá ai?? Nossa, não tá não!!!

Agora a sério..que ideia mais triste foi essa? Quase todo Portugal sabe quem é o Granger, e seja por papéis que fez em novelas ou o catano, toda a gentalha tem a ideia que ele é boa pessoa. tem um ar "fofinho", vá, de que não parte um prato e que usa dois relógios. Ponto final.

Vê-lo fazer piadas forçadas e supostamente sarcásticas...não é bonito! Ele bem passa o programa de testa franzida para parecer arrogante...mas não está a conseguir! De todo! Tem o ar do bambi abandonado com mistura basset hound, mas com a testa muito, mas muito mais franzida. A culpa não é dele e por muito bom actor que ele seja..o papel de sarcástico e arrogante não lhe assenta. E não vale a pena tentar, ok? Director de Casting...oi? Erraste e não foi pouco. Já agora...a parte dos cabelos..quem é que trata disso? Quem trata do cabelo é certamente algum fanático dos Playmobil, pois nunca vi reprodução tão fiel.Mesmoooooo! Despenteem o moço, plamordedeus!!Eu que nunca trabalhei em produção (ou o departamento competente)sei que ele devia ter uma imagem que correspondesse ao papel dele e não ao ar de acólito+ beto mais santo não há...certo???!
A conclusão disto deveria ser: "Adeus Pedro Granger, és sem dúvida um elo fraquinhoooo, fraquinhooooo!" e é. Mas quem te fez o casting ou teve a infeliz ideia de te pôr  a fazer este papel...que diarreia cerebral...!
Pedro, não é nada pessoal! Mas é como se fosses água e o programa o azeite. Ou fosses o Governo e o programa a Honestidade. São coisas que não ligam...p'cebes?? :)
Deixem o mocito ficar nas novelas ou em apresentações tipo "Ídolos", que é muito mais a cara dele, se faz favor. A não ser que o Elo Mais Fraco seja um programa de humor e eu não percebi, porque eu só consigo rir.
Adeus, adeus, auf wiedersehen, goodbye!

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Para a Minha Mãe.

Mãe, sabes o que tem este prato? Não, não sabes! Não inventes!
Tem lombos de pescada, cebola, alho, tomate, sal, pimenta. O acompanhamento tem couve-flôr, couvinhas de Bruxelas e cenoura. É verdade, já viste? Sou mega saudável - vá, e entre aqui que ninguém nos lê, os legumes são a comida mais barata- e gosto! Quem diria? O "bicoso com a comida" tornou-se um bom garfo! Olha qu'inda há destinos..
Quando somos putos e adolescentes- fase que nunca passa-, tudo o que eles dizem, nós pomos em causa grande parte das vezes. E esbaforimos outra tantas vezes: "Não percebes nada! Isto não é como no teu tempo! Eu é que sei!". E muitos destes "esbaforimentos" até são verdade, mas não em relação à alimentação (pelo menos no meu caso).
Assim de repente, lembro-me de não comer peixe cozido, couves, tudo o que fosse legume verde, hortaliças, queijo e etc..e etc...! Ora bem, hoje em dia é raro o prato que não tem legumes - Domingos de ressaca não contam, MacDonalds é sagrado- logo, a minha mãe tinha razão em insistir comigo. Mas de facto, é uma coisa que tem de partir de nós - tal e qual como a força de vontade para deixar de fumar- não vale a pena os outros avisarem, porque nós não vamos lá.
E depois uma pessoa cresce, afasta-se da casa dos pais (ou tenta..) e tem de se desenvencilhar sozinho. E o bife com batatas fritas começa a enjoar, carne e mais carne começa a dar vómitos e gradualmente vai sendo substituído por sopa, peixe e muitos legumes.
E quando a minha mãe dizia que fazia bem e eu dizia que não queria saber; e quando ela dizia que os alimentos do campo eram melhores do que os vendidos aqui em hipermercados na capital e eu dizia que era tudo igual...Não, não é. Ela mais uma vez tinha razão. Excepto com o frango do campo - que continua a ser nojento- e com o borrego e com caça. Desculpa mãe, mas já como as outras coisas todas. Estas não (boneco a vomitar desalmadamente).
Por hoje Mãe, era só isto!
Ah, gosto de ti. Muito. Embora não demonstre absolutamente nada e eu seja uma besta, um malcriadão e um ordinário. mas se há pessoa no mundo que eu sou capaz de dizer que AMO, és tu- embora nunca o tenha dito- Vá, a ti e ao nosso canito mai lindo :) <3

P.S: A palavra desenvencilhar não é fácil de escrever.
P.S.1. Tanto legume fez-me caganeira (sim, tenho o portátil na casa de banho)

Para a Minha Mãe.

Mãe, sabes o que tem este prato? Não, não sabes! Não inventes!
Tem lombos de pescada, cebola, alho, tomate, sal, pimenta. O acompanhamento tem couve-flôr, couvinhas de Bruxelas e cenoura. É verdade, já viste? Sou mega saudável - vá, e entre aqui que ninguém nos lê, os legumes são a comida mais barata- e gosto! Quem diria? O "bicoso com a comida" tornou-se um bom garfo! Olha qu'inda há destinos..
Quando somos putos e adolescentes- fase que nunca passa-, tudo o que eles dizem, nós pomos em causa grande parte das vezes. E esbaforimos outra tantas vezes: "Não percebes nada! Isto não é como no teu tempo! Eu é que sei!". E muitos destes "esbaforimentos" até são verdade, mas não em relação à alimentação (pelo menos no meu caso).
Assim de repente, lembro-me de não comer peixe cozido, couves, tudo o que fosse legume verde, hortaliças, queijo e etc..e etc...! Ora bem, hoje em dia é raro o prato que não tem legumes - Domingos de ressaca não contam, MacDonalds é sagrado- logo, a minha mãe tinha razão em insistir comigo. Mas de facto, é uma coisa que tem de partir de nós - tal e qual como a força de vontade para deixar de fumar- não vale a pena os outros avisarem, porque nós não vamos lá.
E depois uma pessoa cresce, afasta-se da casa dos pais (ou tenta..) e tem de se desenvencilhar sozinho. E o bife com batatas fritas começa a enjoar, carne e mais carne começa a dar vómitos e gradualmente vai sendo substituído por sopa, peixe e muitos legumes.
E quando a minha mãe dizia que fazia bem e eu dizia que não queria saber; e quando ela dizia que os alimentos do campo eram melhores do que os vendidos aqui em hipermercados na capital e eu dizia que era tudo igual...Não, não é. Ela mais uma vez tinha razão. Excepto com o frango do campo - que continua a ser nojento- e com o borrego e com caça. Desculpa mãe, mas já como as outras coisas todas. Estas não (boneco a vomitar desalmadamente).
Por hoje Mãe, era só isto!
Ah, gosto de ti. Muito. Embora não demonstre absolutamente nada e eu seja uma besta, um malcriadão e um ordinário. mas se há pessoa no mundo que eu sou capaz de dizer que AMO, és tu- embora nunca o tenha dito- Vá, a ti e ao nosso canito mai lindo :) <3

P.S: A palavra desenvencilhar não é fácil de escrever.
P.S.1. Tanto legume fez-me caganeira (sim, tenho o portátil na casa de banho)

(Des)Alfaite Lisboeta

Só para vos apresentar uma parte de uma personagem, com quem me cruzei e pensei: o alfaiate lisboeta devia ver isto e bater nesta senhora.
Local: FIA, Lx
Idade: 50+
Categoria: Achas q tens 20 anos? & Go-Home, please!

(Des)Alfaite Lisboeta

Só para vos apresentar uma parte de uma personagem, com quem me cruzei e pensei: o alfaiate lisboeta devia ver isto e bater nesta senhora.
Local: FIA, Lx
Idade: 50+
Categoria: Achas q tens 20 anos? & Go-Home, please!

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Xico Espertismo@Silly Season

Como começou oficialmente o Outono (que raio de pessoa era eu se não fizesse referência a este tardio momento estacional?!??!), vou agora postar de vez em quando uns episódios passados na silly season algures no litoral alentejano, enquanto se trabalhava na área da restauração.

Definição Xico-Espertismo: característica inerente à maior parte dos indívíduos de nacionalidade portuguesa; costuma ter mais relevância em épocas festivas e balneares e também é frequentemente visível no tuga que emigra p'rá França. é constantemente confundido com má-educação (Claro que não tem a ver com Jean Pierres a má-educação, mas também são protagonistas de bons episódios).

Não estão por ordem cronológica, mas cá vai a  primeira SITUATIOOONNN:

Numa esplanada solarenga, pertencente a um bar de praia, frequentada maioritariamente por clientes do bar (sim, é verdade) está uma rapariga, sizuda e morcona, com uma beiça que pouco falta para tropeçar nela, o ar de "todos me devem e ninguém me paga"  a lanchar! Uma sandocha que veio enrolada em papel de aluminio, uma água de uma marca que não se vende nesse mesmo bar e ainda uma pecinha de fruta. Ora pois, claro está que não estava a consumir nada que pertencesse ao bar. Quando foi abordada por uma funcionária que lhe perguntou se queria alguma coisa, respondeu seca: "Não", ao mesmo tempo que fuziliva mentalmente qualquer pessoa que se pudesse aproximar.
Pessoas que fazem isto, vou tentar explicar educadamente: Isso não se faz, ok? Porque a vontade é correr-vos à biqueirada..e eu nem sou o dono, por isso imaginem! Sim, foi educadamente, caso contrário: Oh putêdo/cabranêdo de merda, tenham maneiras, porque quem está atrás de um balcão não é vosso escravo e tem na maior parte dos casos, mais habilitações do que vocês! Estamos esclarecidos, não estamos? Lindos meninos.

Ah, a puta que comeu a sandes enrolada em papel de aluminio, ainda lá deixou o papel, a garrafa e cigarros mal apagados!
Grande porcalhona.

Xico Espertismo@Silly Season

Como começou oficialmente o Outono (que raio de pessoa era eu se não fizesse referência a este tardio momento estacional?!??!), vou agora postar de vez em quando uns episódios passados na silly season algures no litoral alentejano, enquanto se trabalhava na área da restauração.

Definição Xico-Espertismo: característica inerente à maior parte dos indívíduos de nacionalidade portuguesa; costuma ter mais relevância em épocas festivas e balneares e também é frequentemente visível no tuga que emigra p'rá França. é constantemente confundido com má-educação (Claro que não tem a ver com Jean Pierres a má-educação, mas também são protagonistas de bons episódios).

Não estão por ordem cronológica, mas cá vai a  primeira SITUATIOOONNN:

Numa esplanada solarenga, pertencente a um bar de praia, frequentada maioritariamente por clientes do bar (sim, é verdade) está uma rapariga, sizuda e morcona, com uma beiça que pouco falta para tropeçar nela, o ar de "todos me devem e ninguém me paga"  a lanchar! Uma sandocha que veio enrolada em papel de aluminio, uma água de uma marca que não se vende nesse mesmo bar e ainda uma pecinha de fruta. Ora pois, claro está que não estava a consumir nada que pertencesse ao bar. Quando foi abordada por uma funcionária que lhe perguntou se queria alguma coisa, respondeu seca: "Não", ao mesmo tempo que fuziliva mentalmente qualquer pessoa que se pudesse aproximar.
Pessoas que fazem isto, vou tentar explicar educadamente: Isso não se faz, ok? Porque a vontade é correr-vos à biqueirada..e eu nem sou o dono, por isso imaginem! Sim, foi educadamente, caso contrário: Oh putêdo/cabranêdo de merda, tenham maneiras, porque quem está atrás de um balcão não é vosso escravo e tem na maior parte dos casos, mais habilitações do que vocês! Estamos esclarecidos, não estamos? Lindos meninos.

Ah, a puta que comeu a sandes enrolada em papel de aluminio, ainda lá deixou o papel, a garrafa e cigarros mal apagados!
Grande porcalhona.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

1/2 Tabaco..

Ser uma pessoa desempregada é o equivalente a uma bomba prestes a rebentar. Mas não é uma bombinha de carnaval, é uma bomba à séria, tipo um peidinho da Simara ou da Margarida Martins da Abraço.
E quando se está desempregado e sem receber subsídio, que é o meu caso?Pois, é stressante, frustrante e há dias em que até chega mesmo a ser angustiante (quase nunca, porque tem estado sol). Mas no meio disto tudo, consegui ficar mais saudável e faz hoje 6 meses- (1/2 ano!!)- que não fumo. E por estranho que pareça..não me apetece minimamente.
Nem com bebedeiras, nem depois de enfardar que nem um porco, nem com o café...!
Sim, eu sei que não sou normal. E neste caso, ainda bem.

Obs: Confesso, também não tenho € para comprar. LOL?

1/2 Tabaco..

Ser uma pessoa desempregada é o equivalente a uma bomba prestes a rebentar. Mas não é uma bombinha de carnaval, é uma bomba à séria, tipo um peidinho da Simara ou da Margarida Martins da Abraço.
E quando se está desempregado e sem receber subsídio, que é o meu caso?Pois, é stressante, frustrante e há dias em que até chega mesmo a ser angustiante (quase nunca, porque tem estado sol). Mas no meio disto tudo, consegui ficar mais saudável e faz hoje 6 meses- (1/2 ano!!)- que não fumo. E por estranho que pareça..não me apetece minimamente.
Nem com bebedeiras, nem depois de enfardar que nem um porco, nem com o café...!
Sim, eu sei que não sou normal. E neste caso, ainda bem.

Obs: Confesso, também não tenho € para comprar. LOL?

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Há Coisas Que M'Intrigam...

Numa época como esta, em que parece imperativo falar em crise a cada frase que se bolsa, fico fascinado/intrigado/curioso/fodido com certas coisas.
O constante crescimento/aparecimento de lojas dos chineses (chenenses pós amigos), ao invés do comércio tuga. Quem diz chenenses diz indianos, romenos e afins...sim, porque à porta de casa tenho tudo isso. E sempre com clientes. Mas os imperadores são os criadores do arroz com gato.Olhem, é uma cena que não me assiste.
Há depois quem os defenda dizendo: Já viste que eles não páram um dia? Trabalham dias inteiros, todos os dias?. Sim, já vi, e então? tem de ser assim para ser bem sucedido? E não há portugueses trabalhadores, não?
Não me fodam. É um país de merda, muito mal organizadinho, com uns governantes filhos da puta e com uns habitantes que adoram ser vítimas. Nada de novo, portanto.
Vá, tudo a comer e a calar. Ajudar jovens empreendedores? O que é isso?
Isto é um resort para corruptos, não é? Caralho.

Há Coisas Que M'Intrigam...

Numa época como esta, em que parece imperativo falar em crise a cada frase que se bolsa, fico fascinado/intrigado/curioso/fodido com certas coisas.
O constante crescimento/aparecimento de lojas dos chineses (chenenses pós amigos), ao invés do comércio tuga. Quem diz chenenses diz indianos, romenos e afins...sim, porque à porta de casa tenho tudo isso. E sempre com clientes. Mas os imperadores são os criadores do arroz com gato.Olhem, é uma cena que não me assiste.
Há depois quem os defenda dizendo: Já viste que eles não páram um dia? Trabalham dias inteiros, todos os dias?. Sim, já vi, e então? tem de ser assim para ser bem sucedido? E não há portugueses trabalhadores, não?
Não me fodam. É um país de merda, muito mal organizadinho, com uns governantes filhos da puta e com uns habitantes que adoram ser vítimas. Nada de novo, portanto.
Vá, tudo a comer e a calar. Ajudar jovens empreendedores? O que é isso?
Isto é um resort para corruptos, não é? Caralho.

domingo, 16 de outubro de 2011

Excelente Oportunidade de Emprego!

Ainda ontem foi a manifestação dos Indignados e eu mais uma vez não fui. O que é que querem também...marcam sempre para fins de semana com sol. Há coisas prioritárias. Neste caso, o sol.
E como já estou farto da palavra manif e delas em si, tenho a sugerir uma eleição, tipo concurso de Misses, em que seriam eleitas as empresas mais parvas de sempre. Parvas pelos anuncios colocados nos sites de emprego.
Categorias Possíveis:
  • Miss Parvagenia
  • Miss Anuncio-Mais-Rídiculo-Que-O-Governo-Português
  • Miss Foda-se-A-Sério? Isto-é-Verdade?
  • Miss Atão-e-a-Inspecção-Geral-do Trabalho?
  • Miss E-o-Cú-Lavado-com-Água-das Malvas, Não?
  • Miss Queremos-o-Super-Homem-da-Comunicação-300€/Mês
  • Miss Chapadão-Nas-Ventas-e-Era-Pouco
Uma potencial candidata é a empresa SolarWaters. O que à primeira vista parecem três vagas, uma para Design, uma Para Marketing e outra para Comunicação, acaba por se revelar que é apenas para UM candidato. E EM PART-TIME. Confiram aqui, se fizerem favor:

Se isto me revolta? Muito mais do que o meu intestino em dia de comida picante. Acreditem.

Excelente Oportunidade de Emprego!

Ainda ontem foi a manifestação dos Indignados e eu mais uma vez não fui. O que é que querem também...marcam sempre para fins de semana com sol. Há coisas prioritárias. Neste caso, o sol.
E como já estou farto da palavra manif e delas em si, tenho a sugerir uma eleição, tipo concurso de Misses, em que seriam eleitas as empresas mais parvas de sempre. Parvas pelos anuncios colocados nos sites de emprego.
Categorias Possíveis:
  • Miss Parvagenia
  • Miss Anuncio-Mais-Rídiculo-Que-O-Governo-Português
  • Miss Foda-se-A-Sério? Isto-é-Verdade?
  • Miss Atão-e-a-Inspecção-Geral-do Trabalho?
  • Miss E-o-Cú-Lavado-com-Água-das Malvas, Não?
  • Miss Queremos-o-Super-Homem-da-Comunicação-300€/Mês
  • Miss Chapadão-Nas-Ventas-e-Era-Pouco
Uma potencial candidata é a empresa SolarWaters. O que à primeira vista parecem três vagas, uma para Design, uma Para Marketing e outra para Comunicação, acaba por se revelar que é apenas para UM candidato. E EM PART-TIME. Confiram aqui, se fizerem favor:

Se isto me revolta? Muito mais do que o meu intestino em dia de comida picante. Acreditem.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Steve Jobs vs. Criancinhas de África

Não concordo de todo com esta imagem:
Atão mas querem o quê? Que choremos cada vez que morre uma criança em África ou seja lá onde for? Eu não chorei com a morte do Sr. Steve, mas confesso que quando vi o discurso de motivação que ele fez em 2005 e que correu todas as caixas de email, fiquei arrepiado. Na altura até escrevi num quadro "keep looking, don't settle" num quadro, para não me esquecer.
E também se sabe que, quando vemos alguém na televisão umas quantas vezes, temos a mania que conhecemos as pessoas desde sempre.
Ora bem, além dessa sensação de proximidade, este Sr. também esteve envolvido em criar novas necessidades em todos nós.
Antes não havia iPhone, iPad e outros "Ais"..e agora não podemos viver sem eles e ficamos sem dormir no dia antes de sair uma versão mais actualizada de qualquer um destes equipamentos. Até soltamos um: iPhoda-se quando demora muito a sair.
Parece-me que se justifica a onda de solidariedade pelo Sr. Quanto aos outros meninos da esquerda...não os conheço (eles não têm culpa...e eu também não). Mas se entretanto inventarem algum equipamento porreiro pá, eu já posso verter uma lágrimazita ou outra!
Fica assim combinado? Fixe ;)

Steve Jobs vs. Criancinhas de África

Não concordo de todo com esta imagem:
Atão mas querem o quê? Que choremos cada vez que morre uma criança em África ou seja lá onde for? Eu não chorei com a morte do Sr. Steve, mas confesso que quando vi o discurso de motivação que ele fez em 2005 e que correu todas as caixas de email, fiquei arrepiado. Na altura até escrevi num quadro "keep looking, don't settle" num quadro, para não me esquecer.
E também se sabe que, quando vemos alguém na televisão umas quantas vezes, temos a mania que conhecemos as pessoas desde sempre.
Ora bem, além dessa sensação de proximidade, este Sr. também esteve envolvido em criar novas necessidades em todos nós.
Antes não havia iPhone, iPad e outros "Ais"..e agora não podemos viver sem eles e ficamos sem dormir no dia antes de sair uma versão mais actualizada de qualquer um destes equipamentos. Até soltamos um: iPhoda-se quando demora muito a sair.
Parece-me que se justifica a onda de solidariedade pelo Sr. Quanto aos outros meninos da esquerda...não os conheço (eles não têm culpa...e eu também não). Mas se entretanto inventarem algum equipamento porreiro pá, eu já posso verter uma lágrimazita ou outra!
Fica assim combinado? Fixe ;)

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Lisboa, Lisboa...


Descobrem-se sítios em Lx..que me fazem ter a certeza que nunca vou viver para outro sítio. Descobrem-se muitas vezes através da revista Time Out e outras tantas através de amigos. Que foi o caso.
Gostei deste miradouro. Qual é o sarcasmo da história? É que o segundo prédio que se apanha na segunda foto...foi onde morei uns dois anos... LOL???!?!

Lisboa, Lisboa...


Descobrem-se sítios em Lx..que me fazem ter a certeza que nunca vou viver para outro sítio. Descobrem-se muitas vezes através da revista Time Out e outras tantas através de amigos. Que foi o caso.
Gostei deste miradouro. Qual é o sarcasmo da história? É que o segundo prédio que se apanha na segunda foto...foi onde morei uns dois anos... LOL???!?!

domingo, 9 de outubro de 2011

P'la minha Saúde.

 Almoço:
O hamburguer era de vaca alentejana. Sim, no mundo do vaquêdo..as alentejanas tem mais qualidade.


Jantar:
Inventado, mas tem bacalhau desfiado, gambas e etc. (O etc é que deu um belo sabor)

P'la minha Saúde.

 Almoço:
O hamburguer era de vaca alentejana. Sim, no mundo do vaquêdo..as alentejanas tem mais qualidade.


Jantar:
Inventado, mas tem bacalhau desfiado, gambas e etc. (O etc é que deu um belo sabor)

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Não é assim tão simples.

Há malta muita artista aqui em Lisboa. E ainda bem!
Mas autor desta obra...tenho-te a dizer que isso não é bem assim. Ou então somos nós que complicamos (?!)

Não é assim tão simples.

Há malta muita artista aqui em Lisboa. E ainda bem!
Mas autor desta obra...tenho-te a dizer que isso não é bem assim. Ou então somos nós que complicamos (?!)

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Dançaaaaaaaaaaaaarrr!

Se há coisa que eu aprecio é ver pessoas a dançar.
Principalmente quando estas pessoas estão convencidas que o ritmo que estão a dançar é o mesmo que estão a ouvir.
Gosto!

Dançaaaaaaaaaaaaarrr!

Se há coisa que eu aprecio é ver pessoas a dançar.
Principalmente quando estas pessoas estão convencidas que o ritmo que estão a dançar é o mesmo que estão a ouvir.
Gosto!

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Qualidade de Vida.

Poderia moer-vos com divagações sobre o que é realmente qualidade de vida, mas não o vou fazer. Ao contrário da maioria, viver na cidade -para mim- é que é sinónimo de qualidade de vida. é ter cinema, é ter Fnac's, é ter hipermercados abertos até as 21h, é haver muitas pessoas, muito trânsito, muitas situações e muitas histórias.
Quando se foge da cidade, o objectivo é não ter nada disto, para podermos descansar. Coisa que não me apetece muito.
(Vou só ali ver a casa dos degredos que me apetece rir um bocadote)

Qualidade de Vida.

Poderia moer-vos com divagações sobre o que é realmente qualidade de vida, mas não o vou fazer. Ao contrário da maioria, viver na cidade -para mim- é que é sinónimo de qualidade de vida. é ter cinema, é ter Fnac's, é ter hipermercados abertos até as 21h, é haver muitas pessoas, muito trânsito, muitas situações e muitas histórias.
Quando se foge da cidade, o objectivo é não ter nada disto, para podermos descansar. Coisa que não me apetece muito.
(Vou só ali ver a casa dos degredos que me apetece rir um bocadote)

domingo, 2 de outubro de 2011

Verão Com Delay.

Só para relembrar que o Verão realmente se atrasou este ano.
Hoje foi melhor que qualquer um dos dias de Agosto.
E eu fui para aqui :)

Verão Com Delay.

Só para relembrar que o Verão realmente se atrasou este ano.
Hoje foi melhor que qualquer um dos dias de Agosto.
E eu fui para aqui :)