quarta-feira, 19 de julho de 2017

Costa Alentejana: Sítios novos e com pinta que vale a pena conhecer.

Já estamos a chegar a uma altura em que, com tanta coisa moderna e gira que há, queremos ver essa modernidade espelhada nos sítios que frequentamos, nomeadamente aqui no Alentejo.Mas felizmente vão aparecendo locais porreiros, daqueles que nos apetece pegar no portátil e ir "trabalhar" para um café, por exemplo.

Têm wi-fi, têm comida boa e têm um ambiente agradável. Qualquer um dos três que vou mencionar a seguir.
Vamos começar por Vila Nova de Milfontes (aproveito já, para quem não sabe, para dizer que não se escreve Mil Fontes) onde há dois sítios que acho que merecem destaque, porque clássicos como a Mabi, já conhecemos e é escusado falar.

Abriu há poucos meses e chama-se "A Portuguesa- Mercearia & Petiscos" e o que é? Isso mesmo, meus perspicazes, uma Mercearia e tem petiscos. É daqueles spots que quer queira a pessoa tomar um belo pequeno almoço naquelas taças enormes cheias de frutos secos (incluindo figos), quer seja para um almoço rápido, para um petisco ao fim do dia (até tem alheira vegetariana) onde se destacam as tábuas de enchidos e saladas, é um sítio de eleição.

A oferta ainda é mais diversificada mas não se pode falar de tudo. No entanto, tem também um espaço exterior com uma esplanada toda catita e onde esporadicamente fazem música ao vivo.
Deixo-vos aqui algumas fotos para abrir o apetite:





Localização: numa transversal aquela rua principal de Milfontes. Segue em frente em vez de virar para o lado da Mabi e tem o Colégio do seu lado esquerdo. Depois disso, é a primeira transversal à esquerda também. Tem lá indicações, é como se fosse para o Cais.

Voltando à mesma rua principal em que se encontravam antes de virar, podem agora seguir em frente e  entram na zona sem trânsito, o primeiro largo que encontram à direita tem lá um botecozinho também todo engraçado de seu nome 18 e Piques.  Encontram facilmente pela esplanada branca no exterior.
Saladas, quiches, sumos naturais, mercearia, garrafeira e graças a deus... também há iogurtes. Ah, também há pólen em frasco e não, não é desse para fumar. Eu nem sabia que existia, portanto vejam lá as coisas diferentes que eles lá têm. Espreitem, não custa nada e não pagam por isso.



Depois desta mini volta em Milfontes, seguimos para norte, mas concretamente em Sines. E o que encontramos aqui? O Bom Remédio. É verdade, tem bom remédio se quiser estar num sítio bem localizado, com uma esplanada soalheira a maior parte do dia, bem decorado (cheirinho a moderno, finalmente) com pratos do dia e restante ementa diferente de qualquer outro sítio - pelo menos nesta cidade.

Também tem sopas, sumos naturais, uns triângulos de aveia com frutos silvestres divinais, bem como um "snickers" caseiro.
Tem o horário alargado ao fim de semana, funcionando também como bar. Acho que é o espaço com mais potencial de Sines para vingar com sucesso por tudo o que escrevi anteriormente. É o café mais giro de Sines.







  •  Agora na altura do Festival Músicas do Mundo a coisa deve ser diferente, portanto não posso garantir nada em relação a ementas e horários;
  • já sabem, mais informações, têm o link para as páginas do facebook de cada local.
De nada!









Sem comentários:

Publicar um comentário